segunda-feira, 14 de março de 2011

DEU NO COREAUSIARA


ARAQUÉM, LEMBRO DE TI! - De Meton Cardoso, sua careca e sua carranca, de Manoel Machado, seu temperado de garganta e seu conga inseparável nos pés, de Zé Pedro e sua pilhéria sempre pronta, de Antônio Martins, seu tucum armado e seu discurso arrastado, do José Martins, sempre comendo queijo, de Moreira Bezerra e seu "oh, crojinha" pras meninas que passavam, de Dona Nair, sempre cuidando das galinhas e ovelhas, com a dedicação de um monge, de Chichico Albuquerque e seu zelo pela igreja, do Zé Maria Amador, deitado por cima do balcão do Geraldo Flora, do Geraldo Flora e sua loja de fazenda, do "Seu" Coló e sua rosca gostosa, do Benedito Sousa, o único que tinha carro e carroça, do Eugênio e suas histórias de caçador, ambientadas na Serra da Penaduba, de Cordeiro Teles e sua Modebra falando no A Voz do Brasil, da sala de aula do Mobral da professora Águeda,...
 Araquém, lembro-me de você! 



Nenhum comentário: